Brasão

Brasão

Ordenação heráldica do brasão da Conceição de Tavira
Publicada no Diário da República, III Série de 21/01/2000

conceicaoArmas - Escudo de ouro, mata de verde; em chefe, uma flor-de-lis, florida, de azul, e uma cruz da Ordem de Santiago, de vermelho; em ponta, uma mó de moinho de negro. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco com a legenda a negro: “ CONCEIÇÃO - TAVIRA “.

Simbologia
Flor-de-lis - Símbolo de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Freguesia e de Portugal desde o tempo de Dom João IV.
A cruz da Ordem de Santiago - Lembra que a freguesia era um couto desta Ordem.
A mata de verde - Representa a Mata Florestal da Conceição (Santa Rita) que é Reserva de Caça e Mata Nacional.
A mó - Representa os vários moinhos de vento da freguesia.


Ordenação heráldica do brasão de Cabanas de Tavira
Parecer da Comissão de Heráldica emitido em 14 de Maio de 2002, nos termos da lei 53/91 de 7 de Agosto.

Escudo de azul, almadrava (barco regional) de prata, vestido do mesmo, mastreado de negro e realçado de vermelho, navegando em campanha ondada de prata, carregada de faixeta ondada de verde, onde nadam dois atuns de prata; acantonados em chefe, dois chaveirões de ouro. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco, com a legenda a negro: "CABANAS DE TAVIRA".

Simbologia
Almadrava (barco regional) e atuns - Representam a origem de Cabanas, ligada à exploração da pesca do atum.
Ondas de prata e verde - Representam a praia e o mar, fontes de riqueza da freguesia, cuja economia assenta em actividades relacionadas com a pesca e, na actualidade, com o turismo.
Chaveirões - Representam as cabanas, primeiro tipo de habitação da terra e que lhe deram o nome.
BANDEIRA- Bandeira branca, com cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.

Destaque

Quem está ligado

Temos 19 visitantes e sem membros em linha